Domingo, 11 de Julho de 2010

 

 

O choque causado pela dor emocional de uma perda repentina ou uma notícia inesperada liberta uma descarga de hormonas no organismo, como a adrenalina e a noradrenalina. Um stress emocional repentino pode provocar danos graves ao coração, muito semelhantes ao enfarte, com a diferença que pode ser reversível. Na maioria das vezes, os pacientes recebem o diagnóstico errado de ataque cardíaco, quando, na verdade, estão a sofrer uma contínua descarga de adrenalina na corrente sanguínea, que abala o coração produzindo sintomas típicos de enfarte como dor no peito e dificuldade de respirar. Os primeiros relatos da síndrome do coração partido surgiram no Japão, no início dos anos 90. A síndrome do coração partido é conhecida cientificamente como Acinesia Apical, mas foi batizada pelos japoneses como Síndrome de Takotsubo, ou Síndrome da Armadilha de Polvo, porque suas imagens no cateterismo cardíaco assemelham-se às armadilhas usadas pelos pescadores para apanhar polvos.



afonso ferreira às 18:21 | link do post | comentar
|

8 comentários:
De Hojéodia a 11 de Julho de 2010 às 22:18
Há explicações que explicam mas não explicam nada...


De afonso ferreira a 11 de Julho de 2010 às 22:50
depende se o coração tem arranjo ou não.


De Vera a 12 de Julho de 2010 às 16:20
Engraçado teres postado sobre o coração.
Já tenho a imagem e ando a pensar nas palavras certas para começar. Um post sobre esse músculo. Ou será uma caixinha de surpresas?
Bj


De nickname a 12 de Julho de 2010 às 18:57
Uau!


De afonso ferreira a 13 de Julho de 2010 às 12:11
Aposto que será uma caixinha de surpresas...
Abraço


De afonso ferreira a 17 de Julho de 2010 às 10:54
Não duvido que vai ser uma caixinha de surpresas.
bj


De LampâdaMervelha a 17 de Julho de 2010 às 04:56
Síndrome da Armadilha de Polvo. Por momentos ainda pensei que fosse pelos tentáculos envolvendo o músculo, naquele aperto... não?


De afonso ferreira a 17 de Julho de 2010 às 10:55
Não, visualmente parece a armadilha com que caçam polvos. Daí o nome.


Comentar post

Dezembro 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


Artigos recentes

the end

Sleepless people

provérbio transmontano

cry me a river

Falta de rigor

obrigado

prémios literários

meia-noite

battle

status

Día domingo

imaginação

virtudes públicas, vícios...

fios

Estudos de um processo

constatação de sábado

A história de uma tragédi...

Dias felizes

A Alice é psicótica

debandada

Arquivo

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Arquivado em

a minha língua é a pátria portuguesa

cartas

casamento gay

coisas extraordinárias do gabinete

conversas de caserna

corrupção

dias felizes

domingo

domingos

estudos

ghost writer

gira-discos

grandes crimes sem consequência

literatura

mercados

mundo virtual

outras cidades

paixonite

pequenas ficções sem consequência

perdido no arquivo

playlist

relvasgate

sonhos

suicídio público

taxistas

telenovela

um homem na megalópole

vendeta

viagens

todas as tags

links
Twitter
subscrever feeds