Terça-feira, 20 de Julho de 2010

 

É prematuro fazer um balanço do ano mas um ano extraordinário justifica posts prematuros. No fundo, em sete meses, tive mais do mesmo: desilusões, facadas, alegrias, mediocridade, altos e baixos. A tempestade do costume. O que distingue este ano dos demais é a intensidade dos eventos. Um desamor não é apenas isso, é o pior que pode acontecer na distracção dos afectos ingénuos; uma amizade que traí, não é só a tristeza que isso causa é a perplexidade perante uma perfídia tão sórdida que nos falta palavras; a maldicência mostrou as suas verdadeiras lesões, perdi amizades também por isso, a injustiça de várias situações atingiram-me em pleno. Mas há também o outro lado. Os golpes de sorte sucedem-se pondo em causa até para mim, que vivo surpreendido com a cadência causa-efeito do mundo, se serão possíveis, tal as histórias recambolescas que os envolvem; novos amigos surgiram trazendo muito mais do que palavras vãs, que nada servem na hora das verdades. Na espuma do calendário nascem novas paixões relembrando todos os dias a sua grandeza comparado com os amores medíocres do passado. No final fico em saldo positivo e ainda vamos a meio. A luta continua.



afonso ferreira às 13:54 | link do post | comentar
|

1 comentário:
De Cristina a 21 de Julho de 2010 às 16:17
Afonso, gosto mt do que escreves, admiro a facilidade na escrita (coisa que eu não consigo..) mas acima de tudo falas de situações com as quais me identifico e pelas quais sou sensível.
Como escreveu hoje uma conhecida: "O “não” de Deus hoje é sempre um bem maior de amanhã. Então, se até já teve esta experiência, levante os olhos do imediato, do chão, e olhe lá longe o horizonte."
Um beijo e Sorri!!


Comentar post

Dezembro 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


Artigos recentes

the end

Sleepless people

provérbio transmontano

cry me a river

Falta de rigor

obrigado

prémios literários

meia-noite

battle

status

Día domingo

imaginação

virtudes públicas, vícios...

fios

Estudos de um processo

constatação de sábado

A história de uma tragédi...

Dias felizes

A Alice é psicótica

debandada

Arquivo

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Arquivado em

a minha língua é a pátria portuguesa

cartas

casamento gay

coisas extraordinárias do gabinete

conversas de caserna

corrupção

dias felizes

domingo

domingos

estudos

ghost writer

gira-discos

grandes crimes sem consequência

literatura

mercados

mundo virtual

outras cidades

paixonite

pequenas ficções sem consequência

perdido no arquivo

playlist

relvasgate

sonhos

suicídio público

taxistas

telenovela

um homem na megalópole

vendeta

viagens

todas as tags

links
Twitter
subscrever feeds