Quinta-feira, 13 de Janeiro de 2011

 

 

Passo por uma situação espantosa e por espantoso pode-se compreender simultaneamente o significado em espanhol* e português. Durmo sobre o assunto, não recordo o que sonhei, mas ao acordar, ainda no acto de desligar o despertador pela segunda vez, recordo com precisão as palavras de um amigo. Disse-me ele em tempos que era incapaz de confiar num amigo que traísse a mulher. Se é capaz de trair a pessoa com quem fez um compromisso de vida em comum o que será capaz de fazer a quem não prometeu nada.

 

* Espantoso – adj, 1. Que es muy intenso, especialmente tratándose de emociones o sensaciones desagradables; horrible: una desesperación espantosaun dolor espantosouna impresión espantosa; 2. Que es muy feo o desagradable: un edificio espantoso; 3. Que causa espanto: un accidente espantosoun terremoto espantoso.



afonso ferreira às 11:36 | link do post | comentar
|

3 comentários:
De Bípede falante a 13 de Janeiro de 2011 às 12:57
Uma coisa não tem nada a ver com outra, mas não tem mesmo!
bjs


De lisbonnew-yorker a 14 de Janeiro de 2011 às 13:01
Concordo completamente!


De Inês Almas a 16 de Janeiro de 2011 às 15:35
Que "coisa" é que não tem a ver com que outra "coisa"?
Acho as palavras do amigo de "Homem na cidade" de uma inteligência extrema. A visão de alguém que acredita em promessas, compromissos, palavra... conceitos que temos tendências a menosprezar num mundo onde é fácil descartar pessoas e sentimentos.

Parabéns pelo blog espantoso (siga-se o conceito mais português ;))


Comentar post

Dezembro 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


Artigos recentes

the end

Sleepless people

provérbio transmontano

cry me a river

Falta de rigor

obrigado

prémios literários

meia-noite

battle

status

Día domingo

imaginação

virtudes públicas, vícios...

fios

Estudos de um processo

constatação de sábado

A história de uma tragédi...

Dias felizes

A Alice é psicótica

debandada

Arquivo

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Arquivado em

a minha língua é a pátria portuguesa

cartas

casamento gay

coisas extraordinárias do gabinete

conversas de caserna

corrupção

dias felizes

domingo

domingos

estudos

ghost writer

gira-discos

grandes crimes sem consequência

literatura

mercados

mundo virtual

outras cidades

paixonite

pequenas ficções sem consequência

perdido no arquivo

playlist

relvasgate

sonhos

suicídio público

taxistas

telenovela

um homem na megalópole

vendeta

viagens

todas as tags

links
Twitter
subscrever feeds